Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.
  /  Eduardo Bentub_Pt

Sobre o artista

Eduardo Bentub nasceu em 1979, na ilha de Santo Antão, Cabo Verde. A sua paixão pela arte revelou-se enquanto trabalhava no atelier com o seu tio, o famoso pintor cabo-verdiano David Levy Lima. Utiliza cores expressivas, incluindo figuras e textos que descrevem a vida cabo-verdiana. Trabalha principalmente em acrílico, incluindo técnicas mistas ou colagem. Participou em dezenas exposições, em Portugal, Cabo Verde, Eslovénia, Áustria, Itália e Brasil. Recebeu a Menção Honrosa de Melhor Jovem Artista em Maribor, Capital Europeia da Cultura, em 2013 e, mais recentemente, de Melhor Artista Internacional presente no Simpósio de Arte Contemporânea (2020) realizado em Sini Vrh, Eslovénia.

Sobre a exposição “10 Grãozinhos de Terra, Independentes, no Meio do Atlântico”

Em mim, este artista plástico que me define, onde as cores representam, por um lado, tudo o que sou, e por outro, a oportunidade de expressar-me, através desta linguagem global, que nos junta: a arte. Considero-me um fazedor de poesia que vai além dos limites. Um alquimista preenchido pelas cores que encerram outras cores, como se de outro assunto se tratasse. E gosto, gosto muito da liberdade dos traços que parecem descomprometidos. Afinal, a magia do simples dizer está ali, entre os rochedos e a breve maresia do Atlântico e nas lembranças que me permitem viajar, não apenas nas telas pintadas por mim, mas também numa montanha-russa de emoções do meu universo imaginário imaginativo. Cada obra em si representa parte do que sou. O meu percurso como artista plástico tem as minhas vivências como base, no entanto, não me limito a estes factos, tão pouco sou saudosista… Mas sinto nas minhas criações, nas partilhas em mostras internacionais e simpósios de arte, que elas ajudam a criar a minha identidade como artista plástico. Nesta exposição, poderão ver, em partes, como conseguimos, nestes quase 46 anos de independência, para além das heranças culturais da lusofonia, criar a nossa identidade cultural e como temos aprendido a expressá-la através da arte. Por agora, deixo as obras falarem por si e, como digo normalmente, “a partir do momento em que as minhas obras são expostas, deixam de ser minhas e passam a fazer parte da apreciação de cada um”.

Período de Exposição: Entre os dias 2 e 18 de Julho, Terça-feira a Domingo, das 11:00 às 19:00 horas, encerrando às Segundas-feiras

Local: Galeria de Exposições do Edif. do Complexo da Plataforma (Av. Dr. Sun Yat Sen, Baia da Praia Grande)

Marcação de visita guiada online

* Campos de preenchimento obrigatório.

*** Cada participante receberá uma lembrança.

Favor efectuar a inscrição enviando o pedido directamente no Website com três dias úteis de antecedência.

Informações: Sra. Elisa Lou (8791 3336 chinês, português e inglês) ou Sra. Stephanie Cheong (8791 3337 chinês e inglês)

Email para: culturalweek@gfce.gov.mo